segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

A saga das viagens de carro

Hoje esqueci-me de levar o tablet (que serve de leitor de vídeos). Compramos esta coisinha pois é a única coisa que mantém a Bárbara entretida nas viagens de carro, mesmo que sejam apenas 5 minutos!
Então como ia a dizer, esqueci-me de o levar... Mal ela entra no carro começa logo a pedir a Có có có có, que é a Xana Toc Toc... Ainda fui falando com ela, para a tentar distrair...pois sim! Só queria a Có có... resumo da história: vim a viagem toda a cantar as músicas da Xana Toc Toc... Se alguém ficou incomodado com a minha voz esganiçada, peço desculpa... uma mãe faz qualquer coisa por um filho não é verdade?!?

sábado, 17 de dezembro de 2011

Em busca daquela dança...a dança perfeita!

Hoje participamos [acho eu, pelo menos tentamos] no concurso da Nestlé Cerelac Jingle!

Depois de algumas tentativas, choros e birras pelo meio saiu isto!

video


Esperamos que gostem!


sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Olha o fim de semana à porta...

Este fim de semana estamos sem o papá... Que hoje já foi para longe de nós! Oohh!

Será que vamos fazer um programa para mulheris... só nós as duas filhota?!? Ou será que vamos ficar em casa no quentinho a ver um filme. Que me dizes? Escolhes tu... Queres o Super Why é? Não? Preferes as músicas da Xana Toc Toc? Também não? Ah, já sei queres é dança! E até já sei qual é a música que te põe logo a bater o pé...


Nem mais! Nem sei a quem sais com tanta queda para a música, não sei não...Ah, é a mim pois...

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Ainda se lembram de nós?...

Um vez mais, cá estamos, desaparecidos em combate, nesta luta diária entre fraldas e panelas! Não está fácil cá vir, ou melhor, não está fácil arranjar aquela vontade de escrever ... Porque por aqui vou andando, nem que seja por uns breves instantes!

Adiante (antes que se espaireça a inspiração)... Apesar de tudo estamos bem! A Bárbara está uma pestinha de 1ª categoria, pôça!! Às vezes tira a paciência a um santo... Neste momento estamos a tentar que ela perca o vício [atenção pode ser o vício mais estranho que já ouviram falar] de bater com a cabeça na parede/portas e afins... É que ela bate com uma força!! Isto é normal? Alguém com filhos e com "pancas" assim?

Já diz, imensas palavras... Assim de repente: Au (Água), Nana (Banana), Caco (Macaco), Mão, Pé, Popa (Sopa), Papa, Ubalho (Cavalo), Tio, Tia, e outras tantas que já vai dizendo...

Quanto a brincadeiras, gosta de brincar às escondidas... e eu também pois! É giro, pois vou-me esconder e ela procura-me, mas espertinha, vai dizendo "Mãe?...Mãe?...Cucuu!" para ver se me descaio!

Estas (infelizmente poucas) horas ao fim da tarde, em que estamos os 3 em família são sem dúvida o melhor do dia e o melhor da vida!



video

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Disciplina

[Olhando assim muitas vezes para esta palavra parece estranha, parece o nome de uma planta ou assim... nunca vos aconteceu?] Bem foi só um à parte!

Disciplina é, com certeza, a tarefa mais complicada na vida dos pais! Saber dizer "Não!" Saber não dizer "Não", saber como dar a volta à situação quando as coisas se complicam em público, sem armar grandes distúrbios é por certo muito difícil.

Vale a pena dar uma vista de olhos neste artigo da Dodot:




"A IMPORTÂNCIA DE ESTABELECER LIMITES


A seguir ao amor, um sentido de disciplina é o segundo presente mais importante que se pode dar a um filho. Apesar de muitos pais se aperceberem de que é fundamental estabelecer limites, fazê-lo de modo consistente e eficaz é uma das tarefas mais difíceis para os pais. Todos queremos crianças 'bem-educadas' mas também nos preocupamos com a limitação da mente da criança ou a sobrecarga com demasiados limites. 


NÃO CASTIGUE 

Disciplina significa ensinar o seu filho acerca dos limites. Existem maneiras de transmitir o seu desapontamento, irritação e frustração utilizando a voz, a cara e a postura. O seu filho quer a sua atenção e a sua aprovação. Se se afastar dele, ficará surpreendida com o poderoso efeito que isso pode ter. Lembre-se que não vale a pena bater-lhe. Bater no seu filho pode originar problemas de conduta e uma baixa auto-estima. E ele aprende que bater e agredir não está mal - uma lição potencialmente perigosa. Portanto diga-lhe 'Não!' com firmeza. Depois retire-a fisicamente para longe do perigo. Gritar 'não' do outro lado da sala pode pará-lo durante um minuto e convida-o a testá-la a seguir. Dê-lhe uma explicação simples: por exemplo, 'Está quente!' se ele estiver a brincar perto do forno. Ele pode tentar desafiá-la, portanto distraia-o rapidamente com algo novo. Lembre-se que o seu bebé ainda é muito novo para castigos e discussões demoradas. 

Sugestão Rápida: Não corra atrás do bebé quando ele estiver a dirigir-se para a rua. Poderá parecer um jogo bem divertido, fazendo com que ele corra cada vez mais depressa, rindo sempre. Se ele estiver mesmo em perigo, grite 'pára!' muito alto - dar-lhe-á um minuto para o apanhar. 



REGRESSO À ESCOLA 

Se ainda não o fez, pode pensar em assistir a algumas aulas destinadas aos pais relativamente à disciplina. É importante obter algumas informações sobre este tópico e discutir com o seu parceiro como planeia estabelecer limites. Pode ficar surpreendida com os diferentes pontos de vista que têm sobre este tópico, portanto tentem concordar quanto a uma abordagem logo que possível. Os esposos que sentem o mesmo relativamente a muitas coisas podem achar que têm ideias muito diferentes acerca de disciplinar os filhos. Sentem-se e discutam várias abordagens. A consistência é a coisa mais importante para o seu filho. Peça ao seu médico algumas sugestões sobre programas locais para pais se acha que pode beneficiar com isso. 



UM OBJECTIVO A LONGO PRAZO 

Quando o seu filho começar a testá-la e aos limites que estabeleceu, lembre-se que a disciplina significa ensinar, não castigar. A disciplina é um objectivo a longo prazo e o seu objectivo é ensinar o seu filho a impor limites a ele próprio. O que você faz de vez em quando não tem importância. É ser consistente e impor limites sensatamente, quando realmente têm importância, que conta. 



COMO LIDAR COM A ATITUDE NEGATIVA 

Provavelmente, a atitude negativa do bebé (dizer sempre "não", arrancar, atirar coisas, etc.) terá aumentado nestes últimos tempos. Isto afecta a sua alimentação, jogos, sono e vontade de gracejar, condutas que constituem áreas de comunicação importante entre pais e filhos. Testa, activamente, os seus limites graças à sua nova mobilidade, ao seu conhecimento sobre a permanência das pessoas e objectos e a sua maior capacidade para manipular e controlar os brinquedos e o seu ambiente. Nesta idade, as birras são comuns, assim como outros tipos de conduta que são negativos, sob qualquer ponto de vista. Portanto, durante o segundo ano, a disciplina converte-se numa parte essencial do papel que desempenham como pais. 

domingo, 4 de dezembro de 2011

Já cheira a Natal aqui em casa!

No passado dia 1 de Dezembro fizemos a nossa árvore de Natal! Eu e a Bárbara é que nos deliciamos-nos a decorá-la!
Pois...agora vem a fase seguinte que é desdecorá-la que é o que a Bárbara tenta fazer, sempre que lhe chega perto!